Skip navigation

Category Archives: Culinária

Não Acredito, receita do Bar da Lora

Prato Não Acredito do Bar da Lora, que está no evento gastronômico Comida di Buteco

Ingredientes

Para a carne
300g de carne do sol em cubos
300g de mandioca cozida em cubos
100g de linguiça defumada frita e fatiada
30g de farinha de mandioca
1 colher de sopa de óleo de pequi
1 colher de chá de alho desidratado e triturado
1 pitada de sal
Tirinhas de requeijão escuro do norte de Minas
Manteiga de garrafa

Para o molho de seriguela
1 polpa de seriguela
50ml de água
1 1/2 colher de chá de manteiga
1 colher de sopa de açúcar
50 ml de vinagre

Para o molho de melaço de rapadura
1 copo de rapadura ralada
1 copo de água
50ml de vinagre

Modo de preparo
Grelhe a carne de sol, passe a mandioca na manteiga de garrafa na chapa e acrescente sal a gosto. Faça o mesmo com a linguiça.

Em uma frigideira, misture o óleo de pequi e a farinha com uma pitada de sal e com o alho. Frite até a mistura ficar soltinha.

Para fazer o molho de seriguela, caramelize o açúcar depois acrescente vinagre, polpa com água e açúcar. Aqueça a mistura no fogo brando. Depois, reduza ainda mais a chama e acrescente a manteiga.

Para preparar o molho de melaço de rapadura, basta diluir a rapadura na água e no vinagre e levar ao fogo brando até que fique com consistência de calda.

Anúncios

comidadibuteco

Quem é de BH pode falar com propriedade das maravilhas dessa cidade como a lagoa da pampulha, a paisagem montanhosa que circunda a cidade, as edificações de Oscar Niemeyer, a Praça da Liberdade, a Savassi, a Praça da Estação, o bairro Santa Tereza, a Praça do Papa e os famosos “Butecos”. 

Belo Horizonte orgulha-se de ter o maior índice de bares por habitante do país, são aproximadamente 10.000 bares para uma população de 2,5 milhões. Há opções para todos os gostos – dos mais simples e tradicionais aos mais sofisticados e modernos. Uma característica, porém, é comum a todos eles: o capricho na hora de preparar os petiscos tipicamente mineiros. Para acompanhar a lingüiça, o torresmo, a mandioca ou o pastelzinho de angu, opte por um chope gelado ou uma autêntica cachaça. Aliado a hospitalidade peculiar do povo mineiro, a cidade se transforma num destino perfeito nesta época do ano por causa do festival da Comida di Buteco. 

Neste ano a receita vencedora foi o “Karacol de Pernil” do buteco Café Palhares. Abaixo segue o vídeo da receita que o chefe disponibilizou no programa Mais Você. Quem esteve na famosa “Saidera”, evento que entrega a premiação do buteco vencedor, pode comprovar a variedade da culinária mineira e a criatividade dos butecos concorrentes.

Altamente recomendável!! =)

Clique aqui para assistir o vídeo com a receita.

 

karacol de pernil

 

INGREDIENTES

– 3 pimentas malagueta picadas

– 3 dentes de alho amassados

– 1 colher (café rasa) de pimenta-do-reino

– 100 g de sal

– 1 pedaço de pernil traseiro, desossado e aberto em manta

(com +/- 3 kg)

– Meio copo (tipo americano) de vinagre branco

– 1 copo (tipo americano) de caldo de carne (1 tablete de

caldo de carne dissolvido em 1 copo de água)

 

Para a montagem 

– couve picada bem fininha (como fios de ovos)

– fatias finas de pernil suíno assado

– molho picante de abacaxi

– 1 cenoura cortada em palito e cozida al dente

– 1 pepino descascado (sem sementes) e cortado em palito

– 5 mini-pães árabe (separe as metades do pão)

 

MOLHO PICANTE DE ABACAXI

– 1 abacaxi perola, descascado e picado

– 50 ml de água

– 3 colheres (sopa) de molho de pimenta (pronto)

– 2 colheres (café) de sal

– 1 colher (café) de pimenta calabresa

– 1 colher (sopa) de açúcar mascavo

 

MODO DE PREPARO

1 – Num pilão coloque 3 pimentas malagueta picadas e 3 dentes de alho amassados e soque até obter uma pasta. Junte 1 colher (café rasa) de pimenta-do-reino e 100 g de sal e misture bem. (OBS: este tempero é a base da cozinha mineira). Reserve   

2 – Tempere 1 pedaço de pernil traseiro, desossado e aberto em manta com o copo (tipo americano) de vinagre branco e o tempero mineiro a gosto (feito acima). Enrole o pernil temperado como rocambole e amarre bem forte com barbante.  

3 – Coloque o pernil numa assadeira e leve para assar em forno pré-aquecido a 200 graus até dourar (+/- 2 horas). 

DICA: coloque no fundo da assadeira 1 copo (tipo americano) de caldo de carne para manter o pernil úmido e suculento. Retire do forno, deixe esfriar e leve para geladeira para resfriar de preferência de um dia para o outro. Fatie a carne em fatias finas. Reserve. DICA: pode ser servido frio ou leve para o forno rapidamente (somente para aquecer). DICA: cuidado para não aquecer demais para o pernil não ficar com gosto de porco.  

4 – Distribua as fatias de pernil em uma tigela ou vasilhame pequeno e redondo, dispondo as fatias em camadas, como se estivesse desenhando um caracol e vá regando com o molho de abacaxi picante.  

5- Coloque os fios de couve em um prato quadrado no formato de ninho, desenforme o pernil no meio do ninho de couve e sirva acompanhado de cenoura cortada em palito cozida al dente, pepino em palitos, pão sírio ou pão francês.  

MOLHO PICANTE DE ABACAXI 

1- Num liquidificador coloque 1 abacaxi perola, descascado e picado e 50 ml de água e bata bem. Passe o suco por uma peneira fina e despreze o bagaço. Volte o suco para o copo do liquidificador e bata com 3 colheres (sopa) de molho de pimenta (pronto), 2 colheres (café) de sal e 1 colher (café) de pimenta calabresa. Reserve.  

2- Numa panela em fogo médio coloque 1 colher (sopa) de açúcar mascavo e leve ao fogo até caramelizar (10 minutos). Junte o suco de abacaxi batido e mexa até o açúcar dissolver. Cozinhe em fogo brando uns 5 minutos.

Este blog ainda não teve nenhum post referente a culinária. Então para começar com o pé direito, aí vai uma receita “tiro e queda” para curar ressaca. =)

Enjoy it!